Parabéns

Parabéns
Participem com contos, sugestões e fotos para incluir no nosso blog. Podem enviar para o nosso contacto : pontoerotyco@gmail.com - vamos chegar às 400 000 visualizações

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

REALIZANDO A MINHA MAIOR FANTASIA SEXUAL COM A DRA LENA - PARTE 6

AUTOR - THÉO

Depois daquela tarde maravilhosa em que estive com o casal na residência deles, ficamos uma semana sem nos falarmos. Passado uma semana certinha do ocorrido, eu resolvi que eu deveria dar sinal de vida, então mandei um lindo ramalhete de rosas para a Helena e logo ela me ligou dizendo que tinha adorado as rosas e perguntou o que eu ia fazer no fim de semana próximo. Eu disse que não sabia, talvez ia para Campo Grande MS, então ela me disse que se eu não fosse, ela queria me apresentar suas meninas, achei aquilo estranho, eu já pensava ou imaginava que a Dra tinha dupla jornada de trabalho, como médica e como cafetina, pois as cafetinas é que gostam de chamar as prostitutas de minhas meninas, fiquei na minha, aguardando a chegada do fim de semana. Quando chegou a quinta feira, eu já estava que não me agüentava de curiosidade, então ao meio dia meu celular tocou, do outro lado da linha era o Ângelo e ele me disse a seguinte frase:
---Oi, amigo Théo!!!como você está??
Respondi de imediato dizendo:
---Estou bem, espero que você também esteja, Ângelo!!Mas me diga, em que posso lhe ajudar??
---Théo, é o seguinte, eu viajo na sexta feira , vou ao Rio Grande do Sul, onde a empresa que trabalho tem um canteiro de obras, devo voltar em uma semana...
Eu:
---Tudo bem!!!Mas o que eu tenho a ver com sua viagem, amigo???
Ângelo:
---É o seguinte, minha esposa está tramando alguma coisa pra este fim de semana lá em casa e pelo jeito você será o convidado. Théo, cuide bem da minha família, não deixe que nada de errado aconteça, gostaria de continuar tendo você como um bom amigo!!!
Aquela conversa do Ângelo me deixou intrigado, como eu poderia cuidar da família dele se eu apenas conhecia sua esposa e até onde eu sabia, estávamos nos dando muito bem, não tinha porque ele temer nada, mas tudo bem, tranqüilizei ele, dizendo que eu cuidaria da família dele como se fosse minha, embora confuso com tudo isso. Na sexta feira, a Lena me ligou e disse assim:
---Théo,vamos te esperar as 09:00 hs aqui em casa e daqui vamos para nosso RANCHO!!!
Perguntei para ela quem seria nós :
---Lena, porque tanto mistério??Quem somos nós??
Ela deu um gargalhada e disse:
---Nós, somos eu e minhas duas meninas!!!
Realmente eu sabia que o casal tinha dois filhos, mais nunca foi mencionado o sexo dos filhos, apenas eles se diziam casados e com filhos, foi isso que Ângelo me falou em nosso primeiro contato. No sábado pela manha, já que ela disse se tratar de meninas, fui a uma floricultura e comprei ORQUÍDEAS para as três meninas, já que a Helena tinha a beleza de uma menina. Passei em uma loja de vinhos e comprei duas garrafas também para levar. Ao chegar na casa dela, fui recebido por uma moça que aparentava ter uns 19 anos, se muito 20, baixinha, lembrando muito bem Lena, até no rosto lembrava ela. Logo em seguida chegou a segunda, ostentava um sorriso encantador e uma barriga de grávida, a qual fiquei sabendo depois ter 6 meses de gravidez, ela era mais branca que a Lena e que a moça que havia me recebido na porta.
Logo a Lena chegou, fui recebido com um beijo na boca, as duas garotas se olharam e sorriram uma para outra, então lembrei-me das orquídeas, fui até o carro, como eu não sabia o nome delas, olhei nas orquídeas, olhei em cada rosto e distribui as orquídeas como achei que combinava, cada qual com sua orquídea, só então a Lena percebeu a gafe que estava cometendo por não me apresentar as meninas, então ela chamou elas e disse:
---Théo esta aqui é Eduarda, minha filha mais nova, filha minha e do Ângelo, ela tem 19 anos, ta cursando faculdade de medicina também, assim como eu e esta aqui é minha filha Corina, filha minha com um Italiano, que não vale a pena lembrar, quando me casei com o Ângelo, eu estava grávida de 2 meses dela, ele a assumiu como filha, ela tem 22 anos e faz faculdade de jornalismo !!!
Eu me limitei apenas a pegar na mão delas, a Corina me olhou dos pés a cabeça e disse:
---É mamãe, você não exagerou ao elogiar a beleza dele!!!
E a Duda disse:
---Faço minhas suas palavras maninha!!!
Todas riram, eu fiquei um pouco sem graça, pois de primeiro contato sou um tanto tímido, só depois vou me soltando!!!
Logo a Lena me chamou e me mostrou o carro que íamos ao rancho, uma land rover, colocamos tudo no carro, quando íamos saindo, ela jogou as chaves para mim e disse:
---Você hoje é o macho desta família, você dirige!!
 Lembrei-me da conversa do Ângelo ao fone, então seguimos viagem, antes de sairmos gerou uma pequena confusão para ver quem ia na frente. A LENA, disse que quem deveria ir na frente era a Corina, pois estava grávida e precisava de mais espaço, logo que pegamos a estrada, Corina se virou de frente pra mim ficando de ladinho, eu podia ver parte de suas coxas, Corina era um pouco mais branca que a Lena e a Eduarda. Seguimos a viagem num papo animado, fiquei sabendo da gravidez dela, de não querer casar com pai da criança, pois achava ele um moleque sem noção, palavras dela, teria o filho sozinha e não o procuraria. A  Eduarda disse que não estava namorando, pois não curtia homens mais novos e na faculdade tinha muitos garotos, mas que de vez enquanto ficava com uns garotos, apenas para apaziguar o tesão, disse isso sem pestanejar, ao lado de sua mãe, mas que ela nunca tinha ficado com um homem de verdade, aí perguntei o que era um homem de verdade, ela sorriu e disse:
---Humm..cavalheiro, educado, xeiroso assim como você, e que mande flores!!!
A mãe dela deu sorriso e disse:
---Isso é uma cantada ao Théo, minha filhinha???
Eduarda:
---Pode ser, mãe!!!
Então a Corina disse:
---Epaaa...eu cheguei primeiro, maninha, quando você chegou a este mundo, eu já estava por aqui!!!não acha, Théo???além do mais, tenho prioridade em tudo!!
As meninas se sobressaiam à mãe delas, tanto na beleza quanto na ousadia, quase sai de minha boca um - calma meninas, tem pra todas... mas seria muita pretensão de minha parte, então apenas sorri e concordei com a Corina. Ao chegarmos ao rancho, a Lena foi arrumar algum lanche, as meninas sumiram casa a dentro e logo elas apareceram, cada uma mais linda que a outra. Corina vestia um shortinho branco, ela disse que não entraria na piscina naquele dia. Eduarda estava deslumbrante, estava com um biquíni amarelo, o sutiã dele era pequeno, mal lhe cobria os bicos dos peitinhos, já a calcinha do biquíni, também muito minúscula, mal lhe cobria sua bucetinha. Elas foram direto para a piscina, não sem antes passar e dizer:
---Mãe, vamos pára água, lá deve estar uma delicia!!
Lena:
---Já vou meninas, vou preparar um lanche e já desço !!!
O local era muito bem arborizado com árvores frutíferas e algumas árvores da região, me perturbava como aquilo tudo ficava ali sem ninguém para vigiar, então cheguei próximo da Lena, abracei ela por traz,  eu já estava de pau duro,com aquelas beldades me cercando e me rodeando, então ela se virou para traz beijou minha boca bem gostoso e disse:
---Humm...tem uma coisa me espetando ai atrás!!!isso tudo é porque ta encostado em minha bunda ou é pela bunda das meninas???
Eu:
---Pelas três bundas femininas que estão aqui e pela encostada numa das bundas existentes aqui!!!
Ela deu sorriso, pediu ajuda para levar algumas coisas até piscina, ao passar por mim, ela passou esfregando seu bumbum em meu pau, dei um tapinha em sua bunda, ela virou me deu um beijo na boca ai disse:
---Não faz isso, isso me enlouquece, fico com o tesão à flor da pele se bate em minha bundinha!!!
Quando chegamos na piscina as meninas já foram logo perguntando:
---Porquê tanta demora??Já fizeram algo sem nossa presença ??
Eu:
---Não deu,sua mãe correu!!!
Elas se olharam e disseram uma pra outra :
---Você corria ???
Parecia até coisa ensaiada, então puxei assunto com Corina sobre sua gravidez:
---Corina, você sente muito enjoo, tem desejos?
Ela:
---Enjoou tenho bastante, desejos de grávida só tive um, mas passou rápido, até porque na hora era impossível, tive desejo de ficar com um pau na boca por horas!!!
Eduarda:
---Ai Co....não fala pau, acho tão esquisito pau, gosto que fala pica, ou rola!!!
Lena:
---Eu prefiro pau!!!E você Théo como fala quando se refere a ele??
Eu:
---Chamo de pau.
Corina:
---Hummm.....você levou um banho maninha, 3 x0
Achei que o assunto pau tinha terminado ali, mas engano meu, Eduarda se levantou da espreguiçadeira, caminhou em minha direção, sentou ao meu lado e colocou sua mãozinha delicada bem em cima de meu pau, olhou para a mãe dela e disse:
---Mamãe, você não exagerou quando falou do tamanho do pau dele!!!
Lena:
---Viu só, minha filha!!!Será que é do tamanho do Ale??
Eduarda:
---Esse aqui dá dois do Ale,e, mãe este mesmo por cima da sunga é uma delicia de pegar, é uma sensação nova para mim!!!Mãezinha, você agüentou ele todinho???
Lena:
---Na minha bucetinha, quase todinho, quase urrei de tanto prazer, tive que enfiar minha calcinha na boca pra não gritar lá no consultório, no cuzinho acho que só a metade e na boca não consegui fazer garganta profunda como as atrizes pornô!!!
Então vi a Corina se levantar de onde estava e disse:
---Eu também gostaria de sentir ele!!!posso???
Eduarda falou:
---Claro, maninha, hoje ele é nosso, mamãe falou que vamos dar para ele este fim de semana todo!!!
Corina:
---Vamos tirar esta sunga  para a gente sentir ele melhor!!!
Ela já foi puxando minha sunga perna a baixo, quando meu pau se libertou da sunga, deu um estalo na minha barriga, como se fosse umas palmadas, então puxei a Corina para mais próximo de mim, enfiei minha mão pela folga da perna do shortinho que ela usava e encontrei uma buceta babando de molhada, entrei com o dedo na bucetinha dela mais o menos 3 cm, o dedo deslizou para dentro muito fácil, quando tirei o dedo de dentro dela, veio todo meladinho, levei até o rosto da Eduarda, ela o levou até as narinas, cheirou e disse:
---Maninha, você ainda continua com o mesmo cheiro bom !!!E o gosto, como está??
Ela mesma puxou minha mão e levou meus dedos a sua boca, chupou os dois dedos demoradamente, fazia barulho ao chupar, então dei sinal para que a Lena se aproximasse, levei os dedos a sua buceta que estava ainda mais alagada que a das meninas, depois tirei a mão e coloquei os dedos da outra mão, então levei à boca das meninas, juntas, elas mamavam meus dedos como duas bezerras famintas,Corina era a mais faminta, parecia que ia engolir meus dedos, tinha momento que ela pega minha mão com as duas mãos dela fazendo com que meus dedos entrassem ainda mais em sua boca, era uma fome sem igual, como se ela tivesse sentido o sabor daquela buceta à muito tempo e estivesse com saudades de tudo aquilo, então a Lena ficou de 4 e disse:
---Vem Théo, mete no meu bucetão assim, depois dá seu pau pra estas duas putinhas chupar!!!
Então fiz o que ela tinha me pedido, cheguei por traz dela e meti na sua buceta, a buceta dela estava alagada, o pau deslizou para dentro dela, dei duas mexidas, tirei o pau todo lambuzado da buceta da mãezinha dela e disse a Eduarda que me chupasse, ela veio com aquela boquinha que parecia a boca de sua mãe, ela mesma segurou meu pau com as duas mãos e passou a lamber ele por toda sua extensão, quando meu pau tava todo limpinho ela veio e me deu um beijo bem molhado, cheio de tesão, metia sua língua quase que em minha garganta e disse:
---É MUITO SABOROSO O GOSTO QUE TEM A BUCETA DA MAMÃE!!!!NÃO ACHA GOSTOSO,GOSTOSÃO???
A Eduarda tinha um jeitinho todo gostoso de falar, mexia com minha libido, era toda dengosinha, então ela mesma guiou meu pau para a entrada da buceta de sua mãe e disse:
---Agora é a vez da maninha provar se o gostinho da mãezinha continua gostoso!!!
Então dei duas mexidinhas, quando ia tirar a Lena me segurou e disse:
---Não tira, Théo....vou gozar, mexe mais rápido!?
Então passei a bombar mais forte, ela se cortocia embaixo de mim, com certeza buscando um melhor contato do pau em seu grelinho, ela mesma comandava os mexidos, fazia um rebolar de cintura de forma que a cada vez meu pau ia e vinha de dentro dela, era como se uma maquina nos manipulasse naquele momento, então a Corina chegou com a buceta na boca de sua mãe e disse:
---Isso mãezinha, goza com uma buceta na boca, mata nossa saudades, precisou aparecer este gostoso para a gente repetir tudo de novo.....ai ....mãezinha que boca gostosa... chupaaaa....chupaaaaa.....aiiii....vem aqui ....Duda.....vem beija minha boca.....vem, Dudaaa....ai meu Deus, mãezinha .....vou gozar também mãe....!!!!
Lena:
---Isso filhimha...goza na boca da mamãe....goza, estou gozannndoooo... aiiiii.... estouuuu... gozandooooo... neste pau gostoso...mete, Théo...enfia tudo, vai até no fundo. me arregaça....me enche de porraaaa.....aiiiiiiiiiiiiii.........gostosooooooo.......!!!!!

Depois que a Dra Lena gozou, eu ainda continuava duro, pois ainda não tinha gozado naquela manhã, mas também não estava desesperado por isso, pois eu já tinha um projeto em minha cabeça, gozaria em todas elas, daria um banho no rosto das 3, então parti pra cima da Corina, passei a lhe beijar com devoção, lhe fazia carinho na barriga, ela se contorcia embaixo de mim, quando meu pau encostou na entradimha de sua bucetinha, ela puxou minha bunda com força e disse:
---Não tenha receio, pode entrar com tudo, igual este seu pau já engoli de monte, me fode com força, esfola ela, deixa ela ardidinha .... pode meter, judia desta buceta....pode meter gostoso....mete, filho da puta, bate na minha cara, bateeee.....bateeee.....ai delicia.....ai meu Deus, que delicia de pica gostosa, ai gostosoooo...adoro levar picaaaa...assim com a mamãe vendo tudo ..fode..fode gostoso...me estrupaaaa..!!!
Ouvir aquela gravidazinha falando obscenidades enquanto fodia, ela só me estimulava mais, por outro lado era muito ruim, pois eu já não conseguia me controlar, eu não queria gozar daquela forma, queria gozar pra todas elas, quando eu menos esperava, ela deu um grito...sim, um grito mesmo....e gozou soluçando e aos berros, chegou a morder os lábios da irmã que a beijava no momento de seu gozo, quando ela gozou, saiu de perto de mim, ficando de longe, quando eu quis me levantar, a Lena me disse:
---Théo...vem comigo, quero te fazer uma pergunta muito seria!!!
Eu:
---Claro, Lena...do que se trata....!!!
Lena:
---Vou te fazer uma pergunta, quero muita sinceridade na resposta!!!
Antes que ela fizesse a tal pergunta ela jogou um monte de papel em cima da mesa, pelos envelopes grandes todos coloridos, dava pra se ver que se tratava de um envelope laboratorial, ela então pediu que eu lesse, ao ler os envelopes, ela me disse:
---Sabe do que se trata estes exames???
Eu:
---Sim, claro!!!são exames de sua filha Eduarda!!!mas porque eu tenho que saber disso???
Lena:
---Para que você não minta para mim!!!
Eu:
---Claro...mais pergunte!!!
Lena:
---Seja sincero, depois que fiz seus exames lá em minha clinica, você saiu com mais alguém, fora nós aqui hoje e fora eu???
Eu:
---Não, não fiquei com ninguém, a não ser você !!!
Uma pergunta que me deixou um tanto perturbado, mas com certeza ela tinha os seus objetivos, mas eu queria saber o porquê de tudo aquilo, então, antes que eu fizesse a tal pergunta ela me disse:
---Théo....quero te pedir uma coisa e quero que você seja meu amigo nesta empreitada que vou te pedir!!!
Eu:
---Claro, minha amiga, peça e se estiver ao meu alcance, te ajudarei sim, com certeza!!!
Lena:
---Minha filha Eduarda tem apenas 19 anos, à  pouco mais de 1 ano, ela se tornou mulher, deixou de ser virgem, desde então, ela só transa com preservativo, sei disso pois confio ao máximo em minha filha, mas por outro lado sei que à  muito minha menina sente vontade de sentir a porra tocar dentro de sua bucetinha, sei disso pois somos muito amigas e ela me confidencia isso, eu queria que isso acontecesse com você, mas quero que minha filha continue uma mulher com saúde.
Aquilo zuniu em meu ouvido como um tapa, todo homem deseja que uma mulher o queira por inteiro, mas uma mãe vir lhe fazer esta proposta é muito diferente de tudo que eu já tinha vivido em minha vida, foi aí que vários pensamentos passaram em minha cabeça. E a garota, como ia reagir a isso tudo? Mas era gostoso pensar em foder aquela ninfetinha que ainda tinha carinha de menina e que lembrava muito sua mãezinha,,,,,
,,,uma garota cheia de encantos e malícia, de longe nem parecia uma garota de 19 anos, agora eu estava com tudo na mão, tudo que um homem possa querer de uma garota jovem, mas eu tinha alguns princípios a ser analisados, será que ela mesma queria tudo aquilo que a mãezinha dela queria para ela, será que ela queria tudo isso comigo, ela poderia querer, mas com outra pessoa, e não comigo, mas tive uma ideia e disse a Lena:
---Lena, vamos fazer o seguinte, vamos deixar o barco andar e vejamos o que acontece, não que eu duvido de sua palavra, mas acho que na vida deva ser tudo conquistado, vamos deixar que role uma paquera entre eu e a Duda!!!
Lena:
---Claro, Théo, da maneira que você achar melhor, mas você me garante que não ficara com outra mulher até ficar com ela, quero toda segurança para minha filha!!!
Dei minhas garantias a Lena, logo a Corina se juntou a nós, fiquei agarrado a Corina, era maravilhoso fazer carinho naquele barrigão, ela era a grávida mais linda que já tinha passado em minha vida, fiz algumas fotos da Corina, ela sentada despercebida em uma poltrona, eu e a Lena começamos a nos beijar,

 então a filha dela veio e entrou em nosso meio, o beijo passou a ser um beijo triplo, Corina às vezes beijava a mãe, ou eu, era gostoso aquela gerra de línguas, passei a acariciar a buceta da Lena, ela gemia gostoso com meus dedos lhe acariciando sua xaninha, parecia que ia se derreter em meus dedos... aquela mulher ficava molhada ao extremo e como eu adorava tocar aquela bucetinha, era muito delicioso brincar com seu grelinho entre meus dedos, a cada gemido dela, eu entrava ainda mais com o dedo em sua bucetinha, então ela enroscada em mim, com dois dedos meus dentro de sua buceta e ela dividindo com sua filha Corina meu beijo e disse:
---Théoooo....aiii...que dedo gostosooo....Théo...voce só vai comer minha filha Eduarda comigo junto, viu!!!
Que delicia ouvir aquilo dela, eu já me considerava satisfeito por estar ali nos braços dela e da Corina, agora imagina ter também a Dudinha seria maravilhoso, mas a Duda seria uma outra historia, embora eu achasse que ela já estava muito afim, então a Duda apareceu e a Lena disse assim para ela:
---Filha...hoje você vai só assistir eu e sua maninha levar esta pica até a gente cansar, mas depois eu te garanto, outro dia ela será só sua!!!consegue só assistir??
Duda:
---Mãezinha....não sei porque isso agora, não foi isso que você tinha me dito antes de sairmos de casa, agora você vem com este papo!!!
Ela falou isso fazendo um beicinho de menina levada, contrariando com o que a mãe dela tinha lhe dito, eu continuei com as duas, enquanto a Duda foi se retirando de onde estávamos. Quando ela saiu, eu e Lena continuamos, mas a Corina resolveu ir atrás da irmã, quando ela saiu coloquei a Lena de 4, a Lena nesta posição, era uma coisa de enlouquecer a cabeça de qualquer homem, eu nunca vi uma mulher gostar tanto de dar de 4 quanto ela, embora eu ache que toda mulher gosta desta posição, eu pincelava o pau na bucetinha dela de cima a abaixo, ela delirava, ela então olhou pra trás e disse:
---Théo...quero ver você fazer tudo isso com minha Duda, minha filha merece tudo isso e quero estar perto, juntinha!!!
Eu realmente, naquele momento, estava muito pensativo no que ia rolar com a Eduarda, mas agora eu precisava foder a mãe bem gostoso, ficamos neste joguinho por algum tempo, quando olhei na porta estavam a Duda e a Corina se tocando e nos olhando, Eduarda me lançou um sorriso gostoso, com certeza já estava legal, então dei sinal pra que ela se aproximasse, beijei sua boca e metia em sua mãezinha, ela então colou seus lábios no meu ouvido e disse:
---Théo...quero ser fodida assim, como você fode minha mãe, quero tudo o que tenho direito, queria hoje, queria agora, mas minha mãezinha vive com a cabeça cheia de idéias, aí quem perde com isso sou eu!!!!
A minha vontade era largar a mãe de lado e pegar aquela gatinha ali mesmo, mas tinha feito um trato com a mãe, então eu pretendia curtir e cumprir, foi ai que a Corina também ficou de 4 ao lado da mãe e disse:
---Théo...divide a pica entre eu e a mamãe, come uma depois a outra, nos faz gozar juntas!!!!
Meu pau já estava estourando de vontade de gozar, quando vi a Corina com aquele bundão pra cima, toda oferecida, seu barrigão quase tocava a cama, sai de dentro da mãe dela e fui ficar atrás dela, coloquei o pau na portinha de sua buceta, ela forçou a entrada, quando ela sentiu que estava preenchida ela olhou para trás e disse:
---Fode forte, bomba forte, judia desta buceta safada, faz ela chorar na sua pica, enche ela de porra...ai delicia...ai, mãezinha, com é bom levar esta pica....meu Deus, que gostoso, vou gozar nesta pica maravilhosa, quero acordar amanha toda regaçada, de buceta ardida....aiiiii.....gostoso...fode Théo...fode esta gravidazinha....issso, fode...mete, vou gozarrrr....ai, estou gozandoooo,,,.....ai, mãe....mãe, tou gozando na pica do seu amante mãe!!!
Lena:
---Goza, filha...goza no pau do nosso amante, ele agora é nosso....goza....isso, mostra para a mãezinha que você já é uma mulher e sabe gozar com um pau atolado na buceta... goza!!!
Então coloquei a Lena de pernas escancaradas e bem erguida para cima,e passei a lhe chupar a buceta, ela se cotorcia na minha boca, eu podia ver ela já revirando os olhos em sinal de que seu gozo estava muito próximo, sua barriga fazia ondas, sua respiração já se encontrava alteradissima, com certeza ela gozaria em minutos, então fui beijando seu corpo todo, quando cheguei em sua boca, beijei com volúpia,

senti uma mão em meu pau, quando percebi era a Eduarda que guiava meu pau para a buceta de sua mãe, forcei a entrada, quando o pau tocou o fundo da buceta da Lena, ela deu um grito e gozou as berros, até de filho da puta ela me xingou, neste instantes tirei o pau da buceta dela, sua buceta ficou abertinha e Duda disse:
---Nossa, mãezinha, sua buceta tá um oco.. ele arrombou você !!!!
Lena levou sua mão à buceta, fez um carinho nela, aquilo foi muita provocação para mim, então passei a me masturbar com o pau a poucos centímetros do rosto da Lena e da Corina, a Duda de lado, apenas observava tudo, foi então que gozei no rosto das duas, foi um gozo longo e farto, pois tenho muita porra, as duas se lambiam como duas felinas lambendo sua cria, depois de gozar, a Duda passou a mão no rosto da mãe e da irmã, veio até mim, tocou em meu pau e disse:
---Voce me deve uma desta e eu vou cobrar!!!
Eu:
---Será um prazer gata poder te banhar de porra e quem sabe te encher a bucetinha de porra!!!
Quando eu disse isso seus olhos brilhara, vi a emoção no seu olhar.

CONTINUA...

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

ÁRVORE DE NATAL




FELIZ NATAL!!!É TUDO QUE LHE DESEJO.ABRAÇOS. 



DEVIDO A CRISE NÃO ENCONTREI UMA ÁRVORE MAIOR!










MANDO SEM DECORAR PARA QUE PONHA ...

...AS BOLAS ONDE DESEJAR.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

VOCÊ SABIA QUE???




 
Não deixes para amanha o que podes fazer hoje
 



sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

NA COZINHA...

Quem disse que cozinha é local só para cozinhar?? Use a imaginação e mude a sua rotina este final de semana, porque não??















                                            video


                                            video


                                               video


                                                 video